Os supercarros atuais

As quartas-feiras do blog em fevereiro serão dedicadas aos Supercarros, modelos desejados por muitos, mas que apenas poucos abonados podem possuir, vamos então a algumas curiosidades das gerações atuais.

Eles são belos, icônicos, rápidos e para poucos, muito poucos, estou falando dos chamados "supercarros" ou "superesportivos", um seguimento com muitos apaixonados e que tem ganhado muita importância nos últimos quinze anos para as montadoras, vejamos:

Fixação da marca na mente das pessoas
Bugatti Veyron da Hot Wheels
Produzi um supercarro não quer dizer necessariamente que a montadora vai ganhar muito dinheiro com ele, em alguns casos pode até ter prejuízo, mas então por que insistir? Divulgação da marca. Um belo desenho, rapidez, e recordes batidos são alguns dos detalhes que chamam a atenção da mídia e consecutivamente das pessoas, isso faz com que os modelos acabem indo parar em propagandas, games e afins o que acaba fixando o nome da montadora no imaginário do público.

Status
Mercedes-Benz CLK-GTR Roadster da Kyosho
A maioria das pessoas que tem condições de comprar um superesportivo não o fazem pensando nos seus atributos mecânicos que lhe garantem boa performance, o que elas querem mesmo é divulgar para os seus círculos que possuem algo do tipo, dessa forma, ganham atenção, principalmente da mídia "especializada". Isso de certa  forma acabou despertando o interesse dos grandes grupos automotivos.

Desenvolvimento de novas tecnologias
Ferrari 599 SA Aperta e 599XX da Kyosho
A maior parte dos componentes de um supercarro não sai barato, por isso acabam sendo uma boa oportunidade para as grandes marcas testarem componentes que em algum momento no futuro poderão esta presentes em carros de maior produção e menor lucratividade, um bom exemplo disso são as borboletas a traz do volante que apareceram na Ferrari nos anos 1990 e hoje estão presentes em modelos com todos os tipos de preços.

A era dos supercarros híbridos
Honda NSX Concept da Hot Wheels
Com o conceito de carro híbrido em alta vários fabricantes tem se enveredado pelo seguimento, é o caso por exemplo da Honda, que anunciou o retorno do NSX - um supercarro que fez muito sucesso entre os anos 1990 e meados de 2000 - agora com o uso de um motor V6 aliado a outros motores elétricos gerando potência de mais de 500 cv.
La Ferrari (vermelha) e Porsche 918 Spyder da Hot Wheels
Montadoras tradicionais também tem investido nesse tipo de configuração, é o que se observa com a Porsche e o 918 Spyder e a Ferrari com a La Ferrari.

Supercarros com motores menores
Nissan GT-R prata (RMZ City) e laranja (Hot Wheels)
Motores com 8 a 12 cilindros sempre foram os destaques dos superesportivos, mas em tempos de eficiência de consumo opções como o 6 cilindros com turbo tem estado em alta, é o que se observa em modelos como o Nissan GT-R, um dos melhores da atualidade.

As super marcas continuam em alta
Aston Martin DBS (branco) e One-77, ambos da Hot Wheels
Para quem acompanha o mundo dos carros sabe que existem marcas que desde o início se especializaram na produção de carros de alta performance, é o caso da Aston Martin que adentra o século XXI com o DBS, o Vanquish e a sua peça rara o One-77.
Porsche 911 GT3 (laranja), Panamera (azul) e Cayman S, todos da Hot Wheels
A Porsche esta mais forte do que nunca com as suas versões do 911, do Cayman e o bem sucedido Panamera que possui como diferencial as quatro portas.
Da esquerda para a direita: Ferrari Califórnia (Hot Wheels), FF (Kyosho) e 458 Itália (Hot Wheels)
A Ferrari é outra que soube se diversificar com modelos como a Califórnia voltada para o mercado americano, a FF com espaço para quatro ocupantes e a novíssima F12 Berlinetta com o clássico motor V12 só que "econômico".
Lamborghini Veneno e Aventador da Hot Wheels
A Lamborghini já falei na semana que passou em um especial dedicado, mas é sempre bom destacar os seus bólidos com motor V10, no caso a Hurracan, e o Aventador com o fantástico motor V12.

Os supercarros americanos
Chevrolet Corvette C7 Stingray e o 2013 SRT Viper da Hot Wheels
Na atualidade a Chrysler e a GM são as únicas com modelos em produção, a primeira tem o brutal Dodge Viper e a segunda o renovado Chevrolet Corvette de sétima geração, mas não podemos esquecer da empreitada da Saleen que lançou no início dos anos 2000 o S7, uma beleza com motor V8 e design inspirado nos carros europeus.
Saleen S7 da Kyosho
É muito supercarro atual sem dúvida, mas vamos deixar os outros para as postagens futuras, afinal esse é um tema que não se esgota e ainda tem muito o que ser explorado, por hora confira ao longo do mês as postagens com os modelos selecionados.


Comentários

  1. Respostas
    1. Saudações Carlos Henrique,

      Estou só aguardando a chegada do McLaren para fazer uma postagem toda especial sobre o papel da marca no seguimento dos superesportivos a partir do F1.

      Abração,

      Excluir
  2. Olá Doalcey, Ótima matéria e belas fotos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Júnior,

      Obrigado pelo elogio,

      Abração,

      Excluir
  3. esqueceu das lamborghinis m,urcielago sv,570-superleggera,gallardo lp560-4,mclaren p1,mclaren f1 gtr,b enginering edonis,alias hucaran não,é aventador e outra é veneno,que está à esquerda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações,

      Obrigado pelos comentários, mas vamos a algumas observações: A postagem é de abertura, esta descrito no início, o objetivo não é falar exclusivamente da Lamborghini esses modelos que cita são apenas mais do mesmo, a postagem foi feita em fevereiro a McLaren P1 só chegou no mês seguinte, bom ver que você observou a data da postagem. O texto se refere aos modelos e não ao que esta na foto, alias quem esta na foto esta descrito, é... não entendi os seus comentários, mas tudo bem.

      Excluir
  4. o viper tem a versão "srt gts-r" e a "srt10 acr"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bela observação, mas o texto não tinha como foco dissecar todas as versões do Viper, apenas exemplificar um Supercarro americano.

      Excluir
  5. basta postar muitas imagens,o problema não é o tema

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei onde leu isso, mas não escrevo em nenhum momento do texto que o tema é o problema, novamente, é de abertura, confira também as miniaturas que foram expostas no mês de fevereiro dentro do tema, e ainda recomendo olhar o marcador #supercarros do lado direito do blog.

      Abração,

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas